FANDOM


Powerplant fields2560-1600-178.jpg

As usinas de energia[1] (como referido pela Resistência) são uma séries de gigantescas torres cilíndricas semelhantes a arranha-céus localizadas perto da megacidade de 01. Como o nome sugere, as usinas geram energia elétrica para as Máquinas, os habitantes de 01.

Cada uma dessas torres contém até centenas de milhares de vagens. Dentro de cada vagem existe um ser humano, conectado em uma série de enxertos, plugues e fios no circuito da própria vagem. As mentes desses humanos existem coletivamente em um sonho vivo - um mundo virtual neuro-interativo conhecido como Matrix. Lá eles estão quase que totalmente convencidos (em quase todos os casos) de que estão vivos, acordados e vivendo na Terra na virada do século XXI.

Cables painting hul adaj1.jpg

Os maciços cabos de alimentação do mundo das máquinas levando energia das usinas para a Cidade das Máquina.

Enquanto isso, cada vagem gera energia bioelétrica e poder de processamento neural que, coletivamente é combinado via fusão nuclear, e usado pelas Máquinas para alimentar 01. De acordo com os primeiros roteiros de Matrix, a fusão nuclear era a principal fonte de energia das Máquinas, enquanto as mentes dos seres humanos cultivados também eram combinadas na forma de uma Rede Neural de biocomputação. Cada mente humana dentro da Matrix é também um subprocessador para o mundo virtual.

Esta informação correlaciona-se a como as máquinas desenvolveram a característica humana da filosofia, e correlaciona-se também aos efeitos prejudiciais de Smith, um agente desonesto que infecta igualmente ambos os programas e Bluepills para fazer cópias de si mesmo. O comportamento viral de Smith interrompe sériamente o funcionamento da Matrix e as mentes que a formam, deixando-a num iminente colapso antes que Neo pare Smith para que, assim, a Matrix possa ser recarregada.

Cada vagem é supervisionada por um Docbot, uma entidade mecânica que garante que cada humano permaneça adormecido e funcione corretamente. Cada casulo está conectado a uma tubulação que elimina um corpo quando esse morre. Quando um humano morre ele é reciclado em um nutriente gelatinoso que é, então, alimentado de volta para outras vagens.

No caso de alguns corpos (como Redpills), o Docbot pode ser comandado para ejetar um ser humano da vagem, onde o corpo cai dentro dos restos dos antigos esgotos, dutos e outros túneis das velhas cidades humanas, dilapidadas que cobrem a superfície cicatrizada da Terra.

História Editar

A-anim.241.jpg

A construção das usinas.

Prisoners.png

Os primeiros prisioneiros das usinas.

A versão inicial das usinas foi criada durante a Guerra das Máquinas, sob a forma de uma maciça plataforma flutuante de artilharia com um canhão anexado e armada com armas de energia suficientemente fortes para vaporizar os inúmeros tanques PEM e mechas enviados pelas Nações Unidas. Ela possuía uma série de antenas que serviam para transmitir energia sem fio que era transferida para o exército das Máquinas em sua proximidade. Foi criada para servir como uma adaptação à Operação Tempestade Sombria. Algumas variantes da época da guerra incluíam um grande cilindro onde prisioneiros de guerra, nus e torturados pelos experimentos das Máquina, eram aprisionados lado a lado, para fornecer energia sem serem submersos em uma vagem, em um estado de castigo eterno.

Referências Editar

  1. O termo "usina de energia" é usado no início do filme Matrix Revolutions, quando o operador da Mjolnir procura em vão pelo sinal portador de Neo, mas não encontra nada além de bluepills.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória